26 de janeiro de 2017

CAPÍTULO 1
GESTÃO SUSTENTÁVEL  DE RESÍDUOS SÓLIDOS  URBANOS NA ALEMANHA


A Alemanha como Protagonista
do Desenvolvimento Socioambiental
em Gestão de Resíduos

A Eficiência dos Recursos e Gestão da Reciclagem:
implementação na Alemanha

Eficiência Energética da Reciclagem de Materiais e da
Recuperação Energética de Frações Selecionadas dos Resíduos

Gestão Internacional de Resíduos:
desafios, medidas e possibilidades

CReED – Centro para Pesquisa, Educação e
Demonstração em Gerenciamento de Resíduos

Formação Profissional e Continuada: instrumento fundamental
para uma  gestão sustentável dos resíduos

Estado da Arte e Potencial de Desenvolvimento do
Tratamento  Mecânico-Biológico na Alemanha

Tratamento de Emissões Gasosas Provenientes de Plantas de
Tratamento Mecânico-Biológico  de Resíduos Sólidos Urbanos

Lições Aprendidas Sobre Como Proceder  com a Digestão Anaeróbia
e Outras  Plantas de Tratamento de Resíduos

Experiências Comprovadas com Combustíveis
Alternativos em Fornos de Cimento

Gestão de Qualidade: certificação de produtos
para o emprego sustentável  do composto orgânico

Valorização de Resíduos Sólidos Urbanos:
conceito, experiências operacionais e otimização

Exploração e Beneficiamento do Biogás Obtido
na Planta de Fermentação  da Cidade de Berlim

Aproveitamento Energético de Biogás  em Estações
de Tratamento de Esgoto: status quo na Alemanha e no Brasil

Comportamento dos Aterros quando  da Disposição
de Resíduos do  Tratamento Mecânico-Biológico

Mineração dos Resíduos Sólidos Urbanos  de Aterros Sanitários: redução das massas  a serem depositadas, através do  tratamento de frações finas